Fiat e Jeep terão motores turbo de 125 a 240 cv no fim de 2020

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) anunciou, na última quarta-feira (22), uma nova fábrica de motores em Betim. Nela, inicialmente, serão produzidos os novos motores Firefly turbo (1.0 e 1.3): o Firefly turbo 1.0 deverá ter potência de 125 cv. O 1.3 terá 185 cv. Os novos motores turbo da Fiat chegarão ao mercado no último trimestre de 2020. As novidades serão fruto de um investimento total de R$ 8,

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) anunciou, na última quarta-feira (22), uma nova fábrica de motores em Betim. Nela, inicialmente, serão produzidos os novos motores Firefly turbo (1.0 e 1.3): o Firefly turbo 1.0 deverá ter potência de 125 cv. O 1.3 terá  185 cv.

Os novos motores turbo da Fiat chegarão ao mercado no último trimestre de 2020. As novidades serão fruto de um investimento total de R$ 8,5 bilhões no Brasil - tanto em Betim (MG) quanto em Goiana (PE)

Os novos motores turbo da Fiat têm como base o Firefly, mas com alguns diferenciais importantes: além do turbocompressor, eles terão quatro válvulas por cilindro (Firefly de aspiração natural tem duas), injeção direta de combustível,  e sistema Multiair - com controle eletrônico das válvulas de admissão. Eles terão bloco de alumínio.

Os novos motores Firefly turbo irão equipar modelos como o Jeep Renegade, o Compass, a picape Toro, além de Argo e Cronos.

A Fiat também anunciou que está desenvolvendo um motor com tecnologia turbo voltada apenas à combustão de etanol. A FCA está utilizando tecnologias muito inovadoras nesse projeto, algumas das quais desenvolvidas em Betim.