Após denúncia de estupro, Mastercard suspende campanha com Neymar

Nike e Redbull também avaliam

A campanha seria veiculada durante a Copa Amércia, que começa no próximo dia 14.

 

Segundo informações, a Mastercard optou por aguardar um desfecho do caso em que o jogador é acusado de estupro por Najila Mendes.

Em nota a Mastercard disse:

"Nós temos uma série de ativações de marketing planejadas para o decorrer do campeonato que são focadas em promover o uso do pagamento por aproximação. Nós tomamos a decisão de parar aquelas ativações que incluem o embaixador da marca até que o assunto seja resolvido".

Outras marcas patrocinadoras de Neymar, como Nike e Redbull também anunciaram "preocupação"com o caso que envolve o jogador.