Ex-sargento é preso por oferecer doces, dinheiro e bebidas em troca de fotos e favores sexuais

O criminoso já havia sido preso em 2013 pela mesma prática

Um ex-sargento da Polícia Militar, de 47 anos, foi preso pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Garça (cerca de 30 quilômetros) acusado de aliciar e abusar de adolescentes.

Ele oferecia doces, dinheiro, bebidas e drogas para as vítimas em troca de favores sexuais.

Segundo a delegada Darlene Rocha Costa, uma denúncia informou a Polícia Civil que o acusado atuaria no bairro Vila Araceli oferecendo doces as adolescentes em trocas de favores sexuais.

“Iniciamos buscas por testemunhas dos fatos, pois as adolescentes se recusavam a falar ou negavam os fatos, bem como se apresentavam temerosas. Localizamos algumas e eles foram ouvidas como protegidas”, disse a delegada.

A Investigação da DDM apontou que o acusado oferecia as adolescentes quantias entre R$ 10 e 40 para acariciar e fotografar os seios.

Também foi apurado que o homem ainda dava bebidas alcoólicas e drogas em troca dos favores sexuais.

“O aliciamento era sempre com menores de idade de classe baixa e extrema pobreza”, relatou Darlene.

Policiais civis cumpriram mandado de busca na residência e em comércio do acusado.

A ação apreendeu computadores celulares e aparelhos que gravam imagem de câmeras de monitoramento.

Ainda segundo a Polícia Civil, o acusado já havia sido preso pelo mesmo delito no ano de 2013.

“Esse crime motivou a sua expulsão da PM, mas após ser colocado em liberdade, mais uma vez ele reincidiu no delito”, afirmou.

O homem teve a prisão temporária decretada por 30 dias para a conclusão da investigação e foi recolhido para a cadeia de São Pedro do Turvo.

Ele deve ser indiciado pelo crime de favorecimento à prostituição. Se condenado, a pena pode chegar até dez anos de prisão me regime fechado.