Menin e Prefeitura concluem Montana 2

A Menin Engenharia e a Prefeitura Municipal entregaram ontem mais 260 casas do Residencial Montana 2

A Menin Engenharia e a Prefeitura Municipal entregaram ontem mais 260 casas do Residencial Montana 2, concluindo as habitações do bairro.

Os módulos ficaram prontos, em média, com 15 meses de antecedência, gerando economia para as famílias que dependiam do aluguel.


A entrega das chaves às famílias foi realizada no próprio bairro, na avenida Pastor Darci da Silva Lima, e contou com a presença dos novos moradores, dos representantes da Menin Engenharia, representantes da Caixa, Prefeitura, Emdurb, vereadores e imprensa.


O evento teve sorteio de vários prêmios de empresas parceiras, incluindo fogão, ducha, vale-compras e uma SmartTV.

Foram servidos água, pipoca, sorvete, algodão-doce para todos. A CPFL e o Daem tinham estandes próprios para agilizar a ligação de água e energia.


Joelma da Mota Fonseca, manicure, foi a primeira a pegar as chaves de sua casa própria.

Ela vai mudar para o Montana 2 com o marido Ede e os dois filhos, Pedro Henrique e Maria Júlia.

“Estamos muito feliz, tentávamos a casa própria há cinco anos. Desde que casamos morávamos nos fundos da casa da minha mãe. Vamos erguer o muro e mudar”.  


O destaque do Montana 2 é o prazo recorde da obra, em média 15 meses de antecedência.

No caso dos módulos 6B e C são 477 e 531 dias respectivamente, o que representa mais de 17 meses de antecipação.


“Essa grande antecedência se reverte em economia para os clientes, que podem fazer a mudança imediata, parando de gastar com aluguel”, disse o engenheiro da Menin, Luís Gustavo de Paula Menin.


É o caso do operador de empilhadeira, Douglas Patrício Eduardo, e da dona de casa Isabela dos Santos Silva.

O casal e os dois filhos, Lorena de cinco anos e Miguel de três, pretendem começar a mudança ainda nesta semana.

“Estamos juntos há oito anos e pagamos aluguel há cinco, desde que moramos juntos. Nossa casa está pronta e o desenvolvimento no bairro é ótimo. Vamos mudar para economizar e investir aqui”, disse o casal, que recebeu as chaves ontem, acompanhado dos filhos e familiares, incluindo a mãe de Douglas, que é cadeirante e elogiou a acessibilidade no local.


Já a Caixa Nayara Félix de Oliveira disse que ela e o marido só vão esperar a escola ficar pronta para fazer a mudança.

“No mais o bairro está mais desenvolvido do que pensávamos e a infraestrutura é ótima também”, mencionou.


Estrutura do bairro


Em seu pronunciamento no evento de entrega das casas, o prefeito Daniel Alonso destacou que a conclusão antecipada das unidades se deve a um esforço coletivo de todos os envolvidos e frisou que a Administração Municipal só aprova empreendimentos que contenham toda infraestrutura para os moradores, evitando problemas imediatos e futuros.


“Não aprovamos nenhum empreendimento imobiliário sem infraestrutura, como era o caso antigamente em Marília. Hoje temos moradores do Santa Antonieta e do Nova Marília sofrendo em função e falta de água, de galerias, problemas herdados de gestões passadas. Aqui o Montana começou diferente, como é o caso das mais de cinco mil casas que já entregamos desde o início do mandato”, disse o prefeito.


O bairro planejado do Montana 1 e 2 oferece rede de água e esgoto, com perfuração e poços profundos, energia elétrica, iluminação pública, drenagem de água pluvial, ruas asfaltadas, calçadas pavimentadas, arborização urbana e paisagismo, além de espaços de lazer com parquinho, pergolado, bancos e jardinagem.


O sócio proprietário da Construtora Menin, o engenheiro e diretor da empresa Gustavo Menin, ressaltou que entregou um prédio pronto para servir aos moradores e que a Prefeitura vai utilizar para a escola, em função da demanda da população.


Daniel Alonso disse que o berçário municipal para essa região de Padre Nóbrega, incluindo os novos bairros, como o Montana 1 e o Montana 2, vai entrar em funcionamento nos próximos dias.

O novo posto de saúde também e a UBS está em construção.

Gradativamente, a proposta do poder público é atender a todas as necessidades estruturais da comunidade.


Desenvolvimento:


O prefeito disse que se surpreendeu positivamente ao entrar no bairro ontem e ver o movimento comercial.

E o diretor da Menin observou que, além de ter deixado todas as esquinas livres do Montana para os pontos comerciais, ainda se comprometeu em entregar um centro comercial com 20 lojas para fomentar ainda mais o comércio.


Redução de taxas e impostos:

Como parte do programa Minha Casa, Minha Vida, desenvolvido em parceria também com a Caixa Econômica Federal e a Emdurb, o Montana 2 também contou com a isenção total da taxa de documentação de registro em cartório e despesas de contrato, ITBI, além de IPTU pelo prazo de três anos.


Qualidade Menin:


A Menin Engenharia garante mais uma obra com o padrão de qualidade imposto desde sua fundação, em 1986, com mais de 40 mil unidades habitacionais construídas, além de shoppings, edifícios e condomínios, sempre empregando produtos de primeira linha, engenharia e arquitetura de ponta e principalmente mão-de-obra qualificada.