’ Voluntários de Marília doam sangue em Jaú

O estudante de Direito do Univem está internado na UTI do Hospital Amaral Carvalho

Um micro-ônibus, uma van e o Motoclube Os Vigaristas se deslocaram ontem para Jaú. Mais de 30 voluntários fizeram o percurso de 160 quilômetros com o mesmo propósito: a doação de sangue em prol do mariliense Edio de Marchi Sandalo, de 22 anos.

 

O estudante de Direito do Univem está internado na UTI do Hospital Amaral Carvalho (Jaú).

 

A Prefeitura cedeu os dois veículos e o Motoclube também quis participar. A ação “Todos pelo Edio” foi encampada pelos próprios pais do estudante, pela necessidade frequente de sangue e plaquetas. Os voluntários fizeram a doação de sangue no Hemonúcleo de Jaú, anexo ao próprio hospital.

 

O jovem está em tratamento de leucemia. Após o diagnóstico em 2017, Edio já havia passado por quimioterapia e transplante de medula óssea, feito em abril de 2018. Porém, no último mês de agosto a doença ressurgiu, sendo necessário recomeçar a “luta” no Hospital Amaral Carvalho.

 

A necessidade de sangue e plaquetas é ainda maior dessa vez porque o Edio passa por quimioterapia com uma medicação, ainda mais forte (blincyto). Daí a internação em UTI.

 

Serão 28 dias consecutivos na Unidade de Terapia Intensiva e, após um intervalo de duas semanas, o paciente passará por um segundo ciclo com a mesma medicação, de mais 28 dias. Ao entrar em remissão (quando a doença está inativa), é chegado o momento do segundo transplante. Já há doadores compatíveis.