Daniel Alonso assina ordem de serviço para construção de duas escolas

 

                       Maracá/Montana

Daniel Alonso assina ordem de serviço

     para construção de duas escolas

 

Prefeitura de Marília vai investir R$ 18 milhões na construção da Emei Maracá e da Emef Montana, oferecendo vagas para crianças a partir de quatro meses até o 5º ano

 

O prefeito Daniel Alonso assinou nesta quarta-feira, dia 9, durante ato solene na Prefeitura de Marília, duas ordens de serviço para a construção da Emei Maracá (Educação Infantil) e a Emef Montana (Ensino Fundamental), num investimento total de R$ 18 milhões. A meta da administração municipal é concluir as obras em menos de um ano. Em um momento histórico para a população do Maracá e Montana, o chefe do Executivo assinou o documento ao lado do secretário municipal de Obras, André Ferioli, e do secretário de Educação, Helter Rogério Bochi.

O ato foi acompanhado também pela primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Selma Regina Mazuqueli Alonso, demais secretários, servidores da Educação e de outras pastas.

O legislativo, que tem apoiado os avanços do município, foi representado pelos vereadores Marcos Rezende (presidente da Câmara), professora Daniela, Evandro Galete e João do Bar. Lideranças da comunidade também compareceram.

O engenheiro Gilberto Machado Giardino, sócio-administrador da Construmedici Engenharia e Comércio LTDA, assinou o recebimento da ordem de serviço. O prazo, para ambos os prédios ficarem prontos, é de 365 dias. A construção das escolas é uma reivindicação antiga dos moradores dos residenciais e será feita com recursos próprios da Prefeitura. Juntas, as unidades escolares em prédios separados oferecerão centenas de novas vagas.

O prefeito Daniel Alonso destacou a gestão responsável que garantiu os recursos. “Não é convênio, não é dinheiro emprestado, é recurso próprio, que conseguimos economizar num esforço muito grande nestes anos difíceis, porque entendemos as prioridades da população e vamos investir em nossas crianças”, disse. O presidente da Câmara, Marcos Rezende, lembrou o esforço que a Prefeitura está fazendo, com o respaldo do Legislativo, para manter investimentos de forte impacto social, mesmo com e economia em baixa e os investimentos (Estado e União) praticamente parados.

Para o secretário da Educação, a conquista contempla um anseio da população e valoriza o futuro. “Nossas crianças são o que há de mais precioso, o maior patrimônio da nossa cidade e do nosso país. Precisam ser cuidadas, protegidas e educadas para a vida”, afirmou Helter Bochi.

As escolas serão entregues já com toda a infraestrutura, ao contrário do que acontecia no passado, quando as crianças eram levadas para prédios inacabados e a Prefeitura demorava anos para construir uma quadra coberta, por exemplo. As unidades terão, de pronto, toda estrutura de lazer e recreação.

EMEI MARACÁ

A Emei Maracá vai ocupar uma área da Prefeitura na esquina entre as ruas Nair de Jesus Volpolini Nunes e Jurandir Orlando Betti, distante poucas quadras da avenida Pastor Darci da Silva Lima, principal via do residencial.

A escola atenderá a Educação Infantil e será equipada com toda a estrutura para os pequenos, com salas de brincar (brinquedotecas), espaços para o soninho, amplo refeitório, playgrounds e quadra para atividades e eventos com as famílias, numa área total de 2,5 mil m² de área construída.

EMEF MONTANA

A Emef Maracá irá homenagear a “Professora Sofia Teixeira Barbosa”, diretora da escola municipal “Antônio Garcia Egéa”, falecida em 2018. O título foi aprovado pela Câmara Municipal, após proposta da vereadora professora Daniela.

A escola será construída na avenida Alberto Tolentino, entre as ruas Lúcio Flávio e Artur Lopes Garcia (Tuta), em importante via de ligação do Montana e com fácil acesso para o Maracá. A escola atenderá crianças até os cinco anos (Infantil II). A unidade escolar terá salas de aula, salas de brincar (brinquedotecas), espaços para o descanso das crianças, amplo refeitório, playgrounds e quadra para atividades e eventos com as famílias, numa área total de 2,8 mil m² de área construída.

 

Foto: Divulgação 

Prefeito Daniel Alonso assinou ontem autorização de construção de escolas