Filme sobre ansiedade com Débora Falabella estreia na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

"Depois a louca sou eu", comédia dramática sobre jovens com ansiedade, só chega aos cinemas em 2020

"Depois a louca sou eu", comédia dramática sobre jovens com ansiedade, só chega aos cinemas em 2020, mas ganha exibições antecipadas na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Baseado no livro homônimo de Tati Bernardi, o longa traz Débora Falabella como a encarnação da "geração Rivotril", segundo a diretora Julia Rezende.

"É a história de uma mulher enfrentando seus medos: o medo da morte, das perdas, do fracasso, e sobretudo o medo da vida.

Ela quer ser uma escritora de sucesso, mas antes sonha apenas em conseguir sair de casa, trabalhar, casar, viajar. Retrato da geração Rivotril, ela conta tudo aquilo que sentimos e temos vergonha de expor", diz a diretora.

O longa terá três exibições durante a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo: dia 21, às 19h30 - Espaço Itaú de Cinema (Augusta), dia 22, às 16h (Cinearte),  dia 28, às 14h - Espaço Itaú de Cinema (Frei Caneca).