Marília deve ter uma mudança na lateral para decisão de domingo

Zagueiro Raphael deve ser a grande novidade contra o Fernandópolis, fora de casa

Texto: Jorge Luiz

Foto: Alexandre Lourenção

É amanhã (dia 20) o jogo que pode definir o acesso do Marília Atlético Clube (MAC) para a Série A-3 do Campeonato Paulista de 2020 e o técnico Ricardo Costa deverá fazer uma mudança no formato titular. Ontem pela manhã (18), no último treino (fechado) na cidade, o zagueiro Raphael foi escalado como lateral-direito na vaga de Mateus Mima.

Essa pode ser a única alteração em relação ao primeiro jogo da semifinal da ‘Bezinha’, em que o Alviceleste venceu o Fernandópolis por 2 a 0, no estádio Bento de Abreu. Ontem mesmo, às 18h30, a delegação viajou com destino não divulgado. A tendência é que o grupo fique em Votuporanga, que fica a 35 quilômetros do local da partida, para evitar possíveis problemas com a torcida adversário, como teve o Rio Branco nas quartas de final, que se hospedou em Fernandópolis.

Ricardo Costa levou 21 jogadores para o jogo, mas quatro serão cortados antes do início. Para o banco de reservas foram: os goleiros Lyon e Ian; o lateral Mima, o zagueiro Brunão, o volante Matheus Chiclete e os atacantes: Dener, PH, Luís Guilherme, Lucas Souza e João Féres.

O único desfalque maqueano é o volante Eduardo, punido na última segunda-feira (14), com dois jogos de suspensão pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), pela expulso no segundo jogo contra o São José. O time do Marília deverá jogar neste domingo com: Geílson; Mateus Mima, Gutierrez, Guilherme Café e Lucas Praxedes; Hebert, Mykaell e Ícaro; Erik Bessa, Breno e Lucas Lima.

No jogo de amanhã, às 10h, no estádio Cláudio Rodante, em Fernandópolis, contra o time da casa, o Marília pode até perder por um gol de diferença, que garante o acesso e a vaga para a final do Paulista da 4ª Divisão.