Por motivo familiar, Ricardo Costa não renova contrato

Além do acesso, Ricardo Costa deixa o MAC com 28 jogos disputados e com 63% de aproveitamento

Por Jorge Luiz/foto: Alexandre Lourenção

O ciclo do técnico Ricardo Costa no Marília Atlético Clube (MAC) chegou ao fim ontem (dia 8), após reunião realizada com a diretoria. Por escolha do próprio treinador, que conquistou o acesso e o vice-campeonato no Paulista da 4ª Divisão (Sub-23), o contrato não foi renovado para o estadual da Série A-3, que terá início no dia 26 de janeiro.

“Conversamos bastante e foi uma decisão familiar. Nesse momento eu gostaria de ficar mais próximo de casa (Campinas). Minha esposa tem os compromissos dela com meus filhos e eu preferi ficar mais próximo deles. Foi uma decisão muito difícil, saio de coração partido do Marília, porque eu gostaria muito de permanecer e dar sequência nesse projeto que a gente teve sucesso, mas infelizmente nossa vida profissional temos que tomar algumas decisões que nos deixam chateados. Contudo nesse momento, pela minha visão foi a melhor decisão que eu tomei”, declarou Ricardo Costa.

O técnico assegurou que o motivo de não permanecer foi familiar. “Não tem outra história, não renovei por motivos familiares, se alguém disser algo diferente é mentira. Sentamos de três a quatro vezes com a diretoria, se caminhou tudo bem, mas como eu disse, tive que tomar essa decisão nesse momento. Saio daqui pela porta da frente. É um até breve, espero eu. O MAC ganhou mais um torcedor, independentemente de onde eu esteja, vou sempre estar torcendo”, frisou.

Entretanto, Ricardo Costa admitiu que já foi procurado por outros clubes, mas não revelou nomes. “Agora vou voltar para casa e tentar fechar uma situação próxima de casa. Existiu sim sondagens de outro Estado, de lugares mais longes, mas eu vou procurar chegar em um acordo, se for chegar, próximo de casa. Posso assegurar que não tem nada certo com ninguém, tudo que disserem ao contrário é mentira, mas espero logo ter novidade”, comentou.

Além do acesso e do vice-campeonato da ‘Bezinha’, Ricardo Costa deixa o MAC com 28 jogos disputados (14 vitórias, 11 empates e três derrotas) e com 63% de aproveitamento. “Estou muito feliz pelo acesso aqui. Colocar o MAC na Série A-3 foi nosso objetivo principal. Agradecer a toda a diretoria por ter me dado a oportunidade de trabalhar em um time grande. Agradecer a torcida pelo apoio, principalmente nos jogos finais”, finalizou.

Pegou de surpresa

O segundo vice-presidente maqueano, Alysson Alex Souza, se disse surpreso com a decisão do treinador, pois apostava na renovação. “Pegou a gente desprevenidos. Nós tínhamos 99% de certeza para a renovação, inclusive com base salarial acertada. Só que uma questão de ordem familiar dele culminou nessa decisão. Por enquanto não temos nada acertado com ninguém. Claro que estávamos sendo assediados por vários treinadores, antes mesmo da reunião com o Ricardo, mas não tem nada certo com ninguém”, destacou.

A informação apurada pela reportagem JM, é que Ricardo Costa pode fechar com o Capivariano para a Série A-3. O treinador disse que quer trabalhar perto de casa e Capivari está a 53,2 km de Campinas. O atacante Breno tem contrato com o Capivariano até o estadual de 2020.