Mais dois treinadores aparecem na lista do MAC

Karmino Colombini classificou o Velo Clube em 1º lugar na 1ª fase da Série A-3 2019

Por Jorge Luiz/foto: Divulgação

 

O nome do novo treinador do Marília Atlético Clube (MAC), para o Campeonato Paulista da Série A-3, será divulgado até o fim desta semana, como disse na última sexta-feira (dia 8), o segundo vice-presidente Alysson Alex Souza. No entanto, o dirigente não falou em nomes, mas nos bastidores outros dois nomes estão na pauta de negociações da diretoria: Karmino Colombini e Vitor Hugo. Os outros três são: Betão Alcântara, Edson Vieira e Luiz Carlos Ferreira.

Jorginho Cantiflas chegou a ser cogitado, mas acertou recentemente com o Juventus-SC (Jaraguá do Sul), que disputa a elite estadual. Na Série A-2 deste ano, ele comandou o Nacional, que acabou sendo rebaixado.

Karmino Colombini

Karmino Colombini, de 58 anos, comandou o Velo Clube na Série A-3 deste ano. Na 1ª fase, o clube de Rio Claro terminou na liderança isolada com 35 pontos – seis a mais que o Capivariano. O time chegou a ficar 16 jogos invictos, mas foi eliminado nas quartas de final pelo Osasco Audax, que foi o campeão. O treinador tem no currículo o acesso para a elite estadual com o Rio Claro, em 2008 e passagens também por: Juventus, Barueri, São Bento, Atlético Sorocaba, Linense, Botafogo-SP, Mirassol e Palmeiras (base), além de ter trabalhado cinco anos no Al Wasl, do Emirados Árabes Unidos.

Vitor Hugo

Já Vitor Hugo, de 54 anos, treinou o Itumbiara-GO no campeonato estadual deste ano. Foi seu primeiro clube depois de comandar o Noroeste em 2017. No ano passado, ele chegou a ser cogitado pelo MAC no Paulista da Série A-3, após a demissão do técnico Luiz Carlos Ferreira, mas na ocasião Daniel Sabino (técnico do sub-20) assumiu, porém não salvou o time do rebaixamento. Outras equipes na carreira foram: Trindade-GO, Mineiros-GO, Rioverdense-GO, Anápolis-GO, Gama-DF, Legião-DF, Brasiliense-DF, América, Uniclinic-CE, Goytacaz-RJ, Cene-MS, Moto Club-MA e Olímpia.

Edson Vieira

Edson Vieira, de 54 anos, comandou o Comercial na Série A-3 deste ano, logo na 2ª rodada, após a demissão de Ricardo Costa. O técnico classificou o time em 5º lugar na 1ª fase, mas antes das quartas de final foi demitido. Na Copa Paulista dirigiu o Rio Claro. O treinador já teve passagens por São Bento, São Carlos, Barretos, XV de Piracicaba, Taubaté e Inter de Bebedouro. Na Série A-3 já faturou o título duas vezes com: São Bento em 2013 e Rio Preto em 1999. Além disso, soma um acesso nesta mesma divisão pelo União Barbarense, em 2008.

Betão Alcântara

Betão Alcântara, de 56 anos, dirigiu o Noroeste no Paulista A-3 desta temporada e levou o time até as quartas de final, sendo eliminado pelo Barretos. Atualmente coordena as categorias de base do Osvaldo Cruz. Na 3ª Divisão estadual, o técnico foi campeão com o Atibaia em 2018 e vice com o Rio Preto em 2017. Desde 2014 participa da Série A-3: Matonense (2014), Inter de Limeira (2015), Rio Preto (2016), Olímpia (2017), Atibaia (2018) e Noroeste (2019).

Luiz Carlos Ferreira

Luiz Carlos Ferreira, de 67 anos, é chamado de o “Rei do Acesso”, mas sua última façanha aconteceu em 2009 com o Lemense, na 4ª Divisão Paulista. O treinador tem história no Marília. Em 2002 levou o time ao título do Paulista da Série A-2 (contra a Francana) e ao vice do Brasileiro da Série C, que garantiu o acesso. Porém, no ano passado comandou o Alviceleste com a Série A-3 em andamento e acabou demitido poucas rodadas depois.