Diretoria diz que define técnico até amanhã e pode contratar um gerente

Luiz Carlos Ferreira voltou para a pauta da diretoria e é um dos três nomes cotados para o MAC

Por Jorge Luiz/foto: Alexandre Lourenção

 

A diretoria do Marília Atlético Clube (MAC) vai anunciar o novo técnico até amanhã (dia 14), para a disputa do Campeonato Paulista da Série A-3 de 2020, que começa no dia 26 de janeiro.

Luiz Carlos Ferreira, Edson Vieira e Betão Alcântara são as três opções que já foram chamadas para uma reunião. De acordo com o segundo vice-presidente, Alysson Alex Souza, também na quinta-feira poderá ser contratado um gerente de futebol.

“Por ética não vamos revelar nomes, mas até quinta-feira vamos definir tudo (técnico e gerente). Se formos mesmo acertar com um dirigente, será um profissional que tenha contatos para nos ajudar nas contratações e indicações de jogadores, além de ser o elo entre diretoria, comissão técnica e atletas”, explicou.

Betão

Sobre treinadores, a diretoria não confirma que já tenha falado com as três opções citadas, mas a reportagem JM apurou que todos já se reuniram com os dirigentes maqueanos, inclusive o último deles foi Betão Alcântara, no final da tarde de ontem.

Ele coordena as categorias de base do Osvaldo Cruz, mas para pessoas próximas revelou que aceitaria comandar o Alviceleste, principalmente por ter residência fixa em Marília.

Desde 2014 Betão Alcântara trabalha na Série A-3. Campeão no ano passado pelo Atibaia, foi vice em 2016 pelo Rio Preto e nesta temporada levou o Noroeste até as quartas de final.

Edson Vieira

Edson Vieira também subiu duas vezes nesta divisão com: União Barbarense (2008) e São Bento (2013 como campeão). No primeiro semestre, classificou o Comercial para o mata-mata, mas foi demitido na penúltima rodada da 1ª fase.

De 2015 até 2018, ele só não comandou nenhum time na Série A-3 em 2016. Taubaté, Rio Branco e São Carlos foram dirigidos pelo treinador neste período.

Ferreira

Já Luiz Carlos Ferreira voltou a estar na mira da diretoria maqueana. No último sábado, inclusive, ele esteve na cidade e chegou a se reunir com o presidente Daniel Alonso em um Supermercado da cidade. Chamado de ‘Rei do Acesso’, Ferreirão não conquista um feito deste desde 2009, quando subiu o Lemense da 4ª Divisão para a Série A-3.

Porém, dos três nomes de interesse do Marília é o único que tem história no clube. Luiz Carlos Ferreira tem dois acessos em 2002, com o título do Paulista da Série A-2 (final contra a Francana) e vice do Brasileiro da Série C.

No ano passado comandou o MAC após a saída de Jorge Rauli na 4ª rodada da Série A-3. Chegou a somar sete pontos em três partidas, sendo uma vitória contra o São Carlos, de Edson Vieira (3 a 2), fora de casa.

Porém, nos outros sete jogos ganhou apenas um e perdeu os outros seis, sendo um deles para o Atibaia, de Betão Alcântara, no estádio Bento de Abreu (2 a 1).