Projeto Teatro da Cidade segue com aulas à distância para todas as turmas

Programa da Secretaria Municipal da Cultura oferece aulas gratuitas de artes cênicas para todas as idades e conta atualmente com 180 alunos

O Projeto Teatro da Cidade, programa da Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Cultura, que oferece aulas gratuitas de teatro para todas as idades e conta com 180 alunos, segue curso com aulas à distância, obedecendo às orientações de combate à Covid-19.

Segundo o coordenador do Projeto Márcio Martins, quando saiu o comunicado oficial da Secretaria da Cultura, dia 16 de março, o Teatro da Cidade prontamente seguiu as normas de interromper as atividades presenciais, e passou então a comunicar todos os alunos através dos grupos de WhatsApp.

“Quando recebemos o comunicado da Secretaria da Cultura já começamos a nos organizar para desenvolver ações alternativas para que pudéssemos de alguma forma estarmos juntos e trabalhando, ainda que à distância, nossas práticas e conteúdos teatrais.

Cada professor comunicou sua turma desse novo período de reestruturação pedagógica e manteve vivo a comunicação com seus alunos. Propondo bate papos e reflexões”, disse Márcio Martins.

As aulas acontecem através de vários meios como WhatsApp, zoom, entre outros aplicativos. Ao todo a equipe possui cinco professores, dois coordenadores, um arte-educador auxiliar e três monitores.

“Durante essas duas semanas de março fizemos inúmeras reuniões e conferências online, para definir os caminhos e traçar estratégias para que, mesmo distantes, pudéssemos garantir a todos alunos, formas de participação e desenvolvimento artístico e expressivo”, afirmou o coordenador do Projeto Teatro da Cidade.

Para o secretário da Cultura, André Gomes Pereira, foi necessário e importante reinventar os formatos de aulas, para favorecer os alunos neste período de distanciamento social, imposto pelo momento de combate ao coronavírus.

“Seguindo orientações das autoridades de saúde, a equipe do Projeto Teatro da Cidadereformulou as aulas e continuou os trabalhos de forma virtual, com propositiva vontade e entusiasmo para dar seguimento às propostas do curso, com atividades e interatividade entre os grupos.

É muito importante reinventar processos para passar por este momento de enfrentamento à Covid-19. Estamos cientes da responsabilidade que cabe à gestão pública com o compromisso de garantir o acesso à cultura como um direito fundamental do cidadão”, disse o secretário.

As aulas à distância do Projeto têm a adesão da maioria dos alunos, que vêm resultando em um grande acervo de vídeos, textos e imagens, proveniente das atividades e orientações dos arte-educadores.

“Nossa expectativa, não só coordenação e professores, mas principalmente alunos, é que todo esse período nos possibilite belas experiências e aprendizados, para breve em retorno as atividades presenciais.

Que todo esse conjunto de ações possa enriquecer ainda mais nossos trabalhos artísticos e nossas vidas”, finalizou Márcio Martins.

O PROJETO

As aulas físicas do Projeto Teatro da Cidade acontecem na Casa de Cultura “Cristovam Ruiz Pereira” (Av. Santo Antonio, 136), que por medidas de combate ao coronavírus, encontram-se sem atendimento ao público.

O Projeto conta com seis turmas: Turma Infantil I e II (Arte-educadora Gabriele Chicilia), Turma Pré juvenil (Arte-educadora Lívia Neves), Turma Jovem (Arte-educadora Letícia Rodrigues), Turma adulta (Arte-educador Calu Monteiro) e Turma Melhor Idade (Arte-educador Márcio Martins).

Destinado a pessoas que buscam o aprendizado das artes cênicas, por meio da experiência do teatro, como vivência individual e coletiva, o Teatro da Cidade tem como proposta provocar o potencial criativo do aluno a partir dos exercícios cênicos, atividades lúdicas e jogos.

Ao longo do ano, o aluno é preparado para construir enredos e personagens, idealizar figurinos e cenários, bem como planejar toda a produção dos espetáculos.

Além de facilitar o acesso da comunidade à cultura, o teatro desenvolve um olhar ampliado para o mundo.

Desenvolve múltiplas habilidades no ser humano, o senso desde a questão da expressão, da relação com o outro, até a relação com a sociedade e com o trabalho em equipe.