Liga dos EUA anuncia que 31 atletas deram positivo para Covid-19

Foi pouco mais de 1% de contaminados entre as 3.185 pessoas testadas

A Major League Baseball (MLB) anunciou nesta sexta-feira que 31 jogadores e 7 membros de comissão técnica deram positivo para Covid-19 nos testes gerais promovidos pela organização durante a retomada dos treinos. Foi pouco mais de 1% de contaminados entre as 3.185 pessoas testadas antes do retorno da temporada no dia 24 de julho.

“Será encorajador se conseguirmos manter esse nível. Cabe a todos nós fazer o nosso melhor. Só porque passamos pela quarentena, só porque passamos por vários testes não significa que os comportamentos possam voltar ao normal. Significa praticar o distanciamento social, mesmo quando estamos em campo, usando uma máscara o tempo todo”, disse Mike Hazen, gerente do Arizona Diamondbacks.

As equipes não podem apontar os atletas que deram positivo, mas Delino DeShields Jr., do Cleveland Indians, e Brett Martin, do Texas Rangers, revelaram que estão com Covid-19. Segundo o protocolo da MLB, qualquer jogador que testar positivo terá que testar negativo duas vezes, com 24h entre os testes e sem febre por 72 horas, para estar apto a se juntar a sua equipe.

 

Início dia 24 – A Major League Baseball pretende iniciar a temporada 2020 no dia 24 de julho, informou o comissário da entidade, Rob Manfred. Na última segunda, a liga se reuniu com a associação de jogadores e não chegou a um acordo. Contudo, após nova conversa, ficou acertado que cada equipe fará 60 partidas na MLB 2020, bem menos que os tradicionais 162 jogos por temporada.

A intenção inicial da associação era que cada time jogasse 70 partidas, o que foi rejeitado pela MLB. Desde o ano passado, jogadores vêm divergindo da liga quanto a proporção dos pagamentos em relação à arrecadação. Com a definição do formato, a MLB pretende abrir uma janela de treinamentos a partir de 1° julho. Nesse período, as equipes podem fazer amistosos e jogos de exibição.