Morre Jack Charlton, campeão da Copa do Mundo de 1966

Ídolo do Leeds United, ex-zagueiro inglês era o irmão mais velho do icônico Bobby Charlton

O futebol inglês perdeu um de seus grandes da história. Campeão mundial na Copa de 1966, ex-zagueiro do Leeds United nos anos 1950/60/70 e treinador renomado do futebol britânico, Jack Charlton morreu na sexta-feira passada aos 85 anos.

Irmão mais velho de Bobby Charlton, outra lenda do English Team, atualmente com 82 anos, o ídolo lutava há tempos contra um linfoma e sofria de demência. A família informou que o craque "morreu em paz", ao lado de parentes na casa em Northumberland.

“Assim como era amigo de muitas pessoas, era um adorável marido, pai, avô e bisavô. É difícil expressar o orgulho que temos da extraordinária vida que ele teve e do prazer que levou a muitas pessoas em diferentes países e em toda trajetória de vida”, diz o comunicado da família sobre a morte de Jack Charlton.

Jack começou a carreira no Leeds United no início da década de 1950. Defendeu o time por 23 anos, estabeleceu o recorde de 773 partidas disputadas e fez 96 gols, o que o deixa ainda como nono maior artilheiro do clube do norte do país. Sob o comando do técnico Don Revie, conquistou o Campeonato Inglês de 1968/69, a Copa da Inglaterra de 1971/72 e a Copa da Liga Inglesa de 1967/68.

Estamos arrasados ​​com a notícia de que Jack Charlton, membro de nossa equipe vencedora da Copa do Mundo de 1966, faleceu. Nossas mais profundas simpatias estão com a família, amigos e ex-clubes de Jack. Na seleção da Inglaterra, Jack Charlton disputou 35 jogos e fez seis gols. Participou da conquista da Copa de 1966, única da história do English Team, e também disputou o Mundial de 1970.

Depois de pendurar as chuteiras, iniciou uma importante carreira como treinador. Ficou uma década no comando da seleção da Irlanda e acrescentou em sua trajetória a participação em mais duas Copas do Mundo. A Associação de Futebol da Irlanda (FAI, na sigla em inglês), expressou assim o adeus: "A Associação de Futebol da Irlanda está profundamente triste ao saber da morte de Jack Charlton, o técnico que mudou o futebol irlandês para sempre, o homem que nos desafiou a sonhar".