Gasolina com novas especificações deve chegar aos postos em uma semana

Mudança na formulação da gasolina segue resolução da ANP com octanagem que já existe na gasolina de outros países

A nova gasolina com padrão estabelecido pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) já começou a ser vendida nas refinarias desde ontem e nas próximas semanas deve chegar aos postos da cidade e região, de acordo com a reposição do estoque de cada empresa.

A mudança na formulação da gasolina segue resolução que determina formulação com limites para octanagem que já existe na gasolina vendida em outros países. Com isso a gasolina brasileira passa a ter mais qualidade e eficiência no desempenho dos veículos.

Segundo Rodrigo Guimarães Torres, proprietário da rede de postos Dallas, em pelo menos uma semana a nova gasolina deve chegar aos postos já que ontem começou a ser liberada das refinarias. “Vai gerar benefício ao consumidor. É um processo que vem com a padronização dos combustíveis em nível global, já que antes nossas refinarias não conseguiam ter uma padronização”.

Rodrigo Torres explica que essa nova formulação eleva a qualidade da gasolina, beneficiando o consumidor e dificultando a adulteração. “Isso desfavorece quem era mal intencionado no mercado. Estreita o processo de qualificação do produto e favorece quem trabalha de forma correta. Agora as especificações são mais detalhadas e teremos uma gasolina melhor”, disse. Em relação ao preço, Torres afirmou que já houve incremento de custo pelas distribuidoras.

Especialistas da ANP afirmam que com a regulação, a gasolina brasileira passará a ter mais qualidade e maior eficiência energética. “Quanto maior a massa específica do combustível em termos de hidrocarbonetos, maior é a densidade energética do combustível, ou seja, para o mesmo volume de combustível injetado no motor haverá a geração de maior quantidade de energia no momento da queima do combustível. Com isso, esperamos que proporcione maior rendimento, gerando diminuição do consumo e aumento da autonomia dos veículos”.