Parque Nacional do Itatiaia retoma atividades

Reabertura é baseada em protocolos rígidos de prevenção para assegurar a proteção dos visitantes

Desde a última quarta-feira (5), os turistas podem voltar a visitar uma das mais importantes atrações naturais do Brasil.

O Parque Nacional do Itatiaia, localizado na Serra da Mantiqueira, reabriu de forma gradual após meses fechado em decorrência da pandemia de coronavírus.

Criado em 1937, foi o primeiro Parque Nacional do Brasil e é um importante atrativo turístico da região onde está situado, que abrange os estados de Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

A retomada das atividades está sendo feita a partir da adoção de protocolos de prevenção estabelecidos por órgãos oficiais de saúde e pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

As medidas foram baseadas em três frentes de atuação: sociais, sanitárias e operacionais, que estabelecem o distanciamento físico, a sanitização dos ambientes e ações restritivas para a prevenção de contágio da Covid-19.

Além disso, as ações serão realizadas em três fases: a fase um consiste na restrição de acesso a parte dos atrativos; a fase dois na flexibilização do acesso, mas com capacidade reduzida; e por fim a fase três, onde as atividades serão retomadas normalmente.

Na fase inicial de reabertura, apenas a parte baixa e algumas atrações da parte alta do parque estão abertas.

A maior parte dos atrativos tem restrições quanto ao fluxo de visitação e, em todos os locais, os visitantes devem manter o distanciamento mínimo de dois metros e usar, obrigatoriamente, máscaras de proteção.

Para evitar aglomerações, o tempo de permanência de cada atrativo é controlado.

A direção do parque aconselha que os ingressos sejam comprados pela internet, para evitar aglomerações.