Vendedor sem habilitação e embriagado é preso após perseguição policial

Veículo com acusado foi perseguido por quase dois quilômetro. Teste do etilômetro apontou 1,68 miligramas de álcool por litro de sangue

Por Matheus Brito / Foto: Divulgação

Um vendedor de 46 anos foi preso por policiais militares após ser perseguido por cerca de dois quilômetros na noite de segunda-feira (30) no bairro Palmital, na zona Norte de Marília. Ele foi flagrado embriagado e não possui habilitação.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), por volta das 20 horas, os policiais militares foram acionados para ir até um bar na avenida República onde um homem estaria causando tumulto.

Responsável pela confusão, o vendedor deixou o local no momento da chegada das viaturas. Conduzindo um veículo Fiat Uno, o acusado foi perseguido até ser abordado em frente à sua residência na rua Gonçalves Ledo.

O vendedor desceu do veículo cambaleando e também estava nervoso, com forte odor etílico, olhos avermelhados e dificuldades na fala. Submetido ao teste do etilômetro foi constatado 1,68 miligramas de álcool por litro de sangue.

O vendedor foi indiciado em flagrante pelos crimes de embriaguez ao volante e dirigir sem habilitação. Ele não pagou a fiança de R$ 2 mil e o encaminharam para audiência de custódia na Justiça.