Rio 2016 atrai 541 mil turistas estrangeiros

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 foram responsáveis pela vinda de 541 mil turistas internacionais ao Brasil, de 1º de julho a 15 de agosto. O que significa um crescimento de 157 mil pessoas em relação ao mesmo período do ano passado.

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 foram responsáveis pela vinda de 541 mil turistas internacionais ao Brasil, de 1º de julho a 15 de agosto. O que significa um crescimento de 157 mil pessoas em relação ao mesmo período do ano passado.

Uma pesquisa do Ministério do Turismo mostrou que a isenção de visto para turistas do Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália beneficiou 74,4% dos visitantes. O estudo mostrou também que oito em cada dez visitantes afirmaram que a isenção do documento facilita um possível retorno ao País.

O presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, ficou surpreso com o resultado da pesquisa. “Aquilo que se levantava antes, sobre os riscos de fazer os jogos no País, ficou para trás. Está demonstrada a satisfação do turista internacional com o Brasil e também o sentimento de felicidade do brasileiro com os Jogos Rio 2016.”

Já o ministro interino do Turismo, Alberto Alves, comemorou o resultado dos jogos e o que eles significam para a indústria turística. “Os números mostram que realizamos uma Olimpíada memorável. Para o Turismo, o resultado é especialmente importante. Mostra que teremos um legado de imagem extremamente positivo”.

A pesquisa mostrou que 37% dos turistas estrangeiros escolheram hotéis e pousadas, enquanto 25% optaram por alugar imóveis na Cidade Maravilhosa.

SEGURANÇA - Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas e Estudos do Turismo do Rio de Janeiro (Ipetur-RJ) e pela Fundação Cesgranrio mostrou que 90% dos visitantes de outros países avaliaram a segurança do evento entre boa e excelente.

O sistema de transporte oferecido na Rio 2016 foi o segundo ponto mais positivo da cidade (citado por 24% dos entrevistados). Os postos de informação turística, por sua vez, foram escolhidos por 30% dos estrangeiros.

ATRAÇÕES - Dentre as atrações oferecidas pela capital fluminense, o levantamento mostrou que o Boulevard Olímpico foi a mais visitada pelos turistas de outras nacionalidades, com 40%. Em seguida aparecem o Corcovado (30%), as praias (20%) e o Pão de Açúcar (10%).

HOSPEDAGEM - Os estrangeiros preferiram se hospedar em hotéis, sendo essa a opção de 40% dos entrevistados. Apartamentos e casas alugados foram a escolha de outros 40%, sendo que 15% optaram pelo serviço Airbnb. Hotels e casas de amigos receberam 10% cada desses turistas.

QUEIXAS - Por mais que a maioria esmagadora dos turistas vá sair satisfeita do Rio de Janeiro - 95% disseram que voltariam à cidade e 80% avaliaram o evento entre bom e excelente -, a pesquisa também apontou as reclamações mais recorrentes.

A principal queixa dos turistas foi em relação à distância entre os locais de competição, citada por 35%. Outros fatores que não foram aprovados pelos estrangeiros foram a sinalização da cidade (20%), o serviço de táxis (15%), os preços elevados (14%), os voluntários que não falam inglês (12%) e a própria sinalização turística.

Dentre o público entrevistado pela pesquisa, 54% são homens e 45% têm nível superior. A avaliação ouviu 1,3 mil turistas em dez bairros, de 5 a 15 de agosto em dez bairros, e tem margem de erro de 2,7%.